É possível superar a timidez?

Ei, você que é tímido (a), você que superou e você que luta para superar de vez.



A timidez pode ser considerada medo. A pessoa apresenta um sentimento de incomodo ou desconforto perto de uma ou mais pessoas, apresenta dificuldade de falar, se expressar e até mesmo olhar nos olhos das pessoas.


Ah, o tempo do ensino fundamental, médio, época em que eu vivia em meu cantinho isolada, dizia pouquíssimas palavras mesmo assim bem baixinho e engolindo seco. Lembro-me de quando estudava duas primas e também com meu irmão, todos tinham suas turminhas de amigos, saiam na hora do recreio, e eu? Morria de vergonha de chegar a alguém pra conversar.Não é nada legal você ser a “esquisitinha”, hoje já na fase adulta com 25 anos, percebo que ainda não superei completamente, mas, me surpreendo com minha ousadia. Com uns 19 anos peguei coordenação de jovens em um ministério da Igreja, aos 21 criei um programa de rádio em uma radiodifusão comunitária, e, aos 23 anos ingressei em um curso superior, Publicidade e Propaganda da área de Comunicação. Cara! Coisa de louco imagina, eu com uma vergonha medonha apresentando palestra para jovens, falando para várias pessoas como locutora de rádio, e, para completar entrar na área de comunicação. Realmente, luto para acabar com esse medo que me atormenta praticamente na maior parte de minha infância e adolescência, já na fase adulta podendo afetar também meu rendimento acadêmico e profissional.


Fonte: Arquivo pessoal, palestra para mais de 50 pessoas como coordenadora de Comissão de Jovens. ANO 2013


Fonte: Arquivo pessoal, apresentando programa de rádio. ANO 2014

Fonte: Arquivo pessoal, aula de fotografia na faculdade. ANO 2017

É um risco, mas diante de todos os desafios que me propus, vejo que vale à pena passar “vergonha”, ela faz parte do trajeto para alcançar a superação.

Uma dica infalível para quem busca se livrar da timidez e que eu trago comigo desde então é: “O impossível não existe para um sonhador!” Todos nós somos capazes, basta acreditar em si mesmo e parar de se preocupar com o que os outros vão achar ou falar, ouvi uma vez de uma professora que “Quem acha não acha nada”, sendo assim, bora lá acreditar mais em nós mesmos, é um desafio diário que vale a pena.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Posts Recentes